terça-feira, outubro 31, 2006

Oferendas

Ando numa altura em que os aniversários não são poucos. E o que traz isso?

Prendas, presentes (como preferirem), mas na maioria dos casos, dores de cabeça.

E com isso vem uma questão que sempre me intrigou.

Deve ou não oferecer-se um cheque-prenda?

A mim sim!! Adoro cheques-prenda. Escuso de dizer que gosto muito, preparar a cara de felicidade, no fundo, de ser um falso de primeira.

Mas para eu oferecer já não!! Parece-me que não dei a devida atenção, que tive falta de ideias, que não me quis dar ao trabalho. É exactamente isso que parece.. tu não mereces mais do que isto, um mísero cheque que demorou 1 minuto a escolher. E a dúvida foi se te haveria de dar um de 10 ou 15 euros...

Não me parece bem!! Até por outra razão. Sempre achei que tinha espírito de missionário. Como poderei eu desaproveitar tamanha oportunidade para evangelizar quem eu gosto? Porque hei-de eu de dar um cheque-prenda para um CD se depois a pessoa vai comprar uma piroseira qualquer? Como poderia eu viver se alguém me dissesse: Comprei com o teu cheque o CD de Scissor Sisters. Ou então um livro de Paulo Coelho. Pior.. uma t-shirt a dizer ARMANI! Pior, pior..... sapatos Miguel Vieira!!! Ai que isto não pára..

Mas é ou não verdade? Todos gostamos de receber cheques-prenda!

Julgo que todos, menos uma classe que não se manifesta muito. Pelo menos nestas circunstâncias.

Os bebés.

No início de Novembro vai nascer o meu primeiro sobrinho (macho).

Cheque-prenda?

Parece-me que o pequenito não iria gostar.

Poderiam gostar os pais. Mas isso seria interesse.

E isso já me parece bastante feio!!!!

Está decidido. Vais levar com o kit-benfica. O júnior, claro..

5 Comentários:

Anonymous CáMuolas disse...

Pobre da criança. Ainda não nasceu e o seu futuro já hipotecado pelas mãos de um tio benfiquista.

31 outubro, 2006 04:34  
Anonymous pacotesdeleite disse...

Ora bem, cheques-prenda...
Digo-te, e sou muito sincero contigo, não me importo nada de os receber, e também não vou desperdiçar o meu dinheirinho nessas tretas...
Agora, estou de acordo contigo, estamos a menosprezar o aniversariante.
Comigo é assim: o que conta é a intenção e, por isso, ofereço um presente baratucho e sito as seguintes palavras "É pouco, mas é de boa vontade. Olha que é só uma lembrança."

01 novembro, 2006 13:30  
Blogger Castor (moi-je...ehe, ehe) disse...

Compra-lhe acções da Galp ou dos mercaods emergentes...ha ha ha!!!

03 novembro, 2006 15:11  
Blogger Ana P. disse...

Ai, ai, ai...
Eu sou benfiquista, mas não acho correcto impigirmos o nosso cluhe.
Deixa lá a criança crescer e até lá, compra lá qualquer coisa mais original.

04 novembro, 2006 11:50  
Blogger Cruzeiro disse...

Eu como benfiquista acho muito bem!
De pequeninos é que se ensinam! lol

20 novembro, 2006 09:42  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home