quarta-feira, agosto 31, 2005

La Reentré

Agora que o período de férias, a silly season se está a esgotar, o AXistomuitoestranho vem desta forma referir que o período que passou, caracterizado pelo nosso enorme esforço para manter os serviços mínimos nesta época difícil em que tudo apetece, menos passar tempo à frente do computador, pertence à história. A partir de agora o esforço já não se verifica. Em sintonia com o actual governo, os serviços mínimos continuarão, mas pelo menos já não representará qualquer esforço para a direcção deste blog. Nós voltamos, mas não sei se darão conta disso. Apareceremos por aí, mas tal como com Sócrates durante os fogos isso não diminuiu a aflição das pessoas, a nossa reentré não representará um aumento de produção da nossa parte.

Quem sabe..

Pela compreensão manifestada pelos nossos caríssimos leitores, aqui fica o nosso agradecimento.

terça-feira, agosto 30, 2005

OS HOMENS TRABALHAM, AS MULHERES...ATRAPALHAM!

"...os homens pegaram em ramos e foram apagar os focos de incêndio enquanto as mulheres ficaram por aqui a gritar!!...não havia mais nada a fazer!"
Mulher de meia idade, Jornal da Noite - SIC, 22.08.2005

Caros leitores, depois de uma prolongada ausência motivada por afazeres da mais variada índole, regresso com um alerta sobre um assunto actual e já abordado neste Blog: INCENDIÁRIAS!

Não tendo bem a certeza, tudo leva a crer que a calamidade terá começado décadas atrás com Janis Joplin e o eterno "Oh Lord, won't you by me a Mercedes Benz". Tal como outras feias que nunca tiveram a sorte de ter um homem que lhes pagasse uma cozinha, a rainha dos abutres apelava a Deus que lhe oferecesse um carrito. Justificadamente sem resposta, juntou a voz a outras feias e formaram aquilo que se poderia chamar Grupo de Mulheres de Esquerda* Que Ninguém Pega E Se Viram Obrigadas A Ser Histéricas Para Que Alguém Lhes Desse Atenção: GMEQNPESVOASHPQALDA ou simplesmente, FEMINISTAS.

A coisa não seria preocupante (durante anos até nos passou ao lado) não fosse o facto de a mulheres terem um ponto fraco comum: MODAS!
E quando se tornou moda as mulheres lutarem pelos seus direitos isso afectou as bonitas e, consequentemente, todo e qualquer homem com 2 dedos de testa. Como a carne nesses caso é fraquinha fraquinha deixamos andar, correndo o risco de sair, literalmente, queimados da situação. A pantomina chegou a tal ponto que mesmo num país periférico como o nosso, numa qualquer aldeia no seu interior, uma simples mulher de meia-idade numa situação onde a própria casa está em risco, manda o marido e outros homens da família apagar o fogo e em vez de lhes prestar a devida assistência fode-lhes o juízo com berros estridentes.

Faltará muito para a igualdade de direitos ser exigida pelos homens?

*Esquerda = Ateístas (chegaram à conclusão que nem Deus as ouve...) + Feias

segunda-feira, agosto 22, 2005

Pedido Urgente: e porque não.......

Nos últimos dias vimos o nosso belo Portugal, todo verdejante, arder por tudo que é lado, de record em record lá se chegou ao fantástico número de 54 Fogos activos a deflagrar ao mesmo tempo.
Ora tendo em conta este flagelo e como todos sabemos que não é o menino Jesus, nem o quarto fantástico que "BOTA" FOGO nem mesmo o casalinho que vai fazer o belo do piquenique e lá deixa a beatita do cigarrito de fim de almoço(pelo menos não todos), que os colocam.
Queria dar uma ideia aos "malukinhos incendiários" (acho que e um nome bem fraco que é para não lhes chamar mesmo grandas bestas) que curtem pegar fogo ás nossas florestas que não tem culpa nenhuma daquilo que são, ORA bem malukisse por malukisse por que não pegar numa caçadeira e começar a "atirar" aos políticos do nosso país, esses sim merecem bem!!!
E até digo mais, porque não começar pelo próprio do Ministro das Finanças, essa alma generosa que recebe o fantástica ajuda de 1300 euros por mês porque tem residência no PORTO quando vive á mais de 10 anos em LISBOA.
A seguir e para desviar as atenções do partido do Governo cepem o Louça, o tal que é alternativo!!!!!

Por isso apelo aos "malukinhos incendiários" do nosso belo Portugal uma leve meditação.....por que não????eram bem mais utéis!!!!umh??

quarta-feira, agosto 17, 2005

Os factos como eles são

Na semana passada foi aprovada e divulgada a campanha de prevenção de fogos florestais. Vai decorrer de meados de Agosto até Outubro e vão ser gastos 240 milhões de euros.
Claro está que o governo não pode aprovar seja o que for que os maledicentes da oposição vêm logo criticar. "Ai - disseram eles - só a meio de Agosto é que se começa esta campanha e vai-se gastar todo este dinheiro para nada". "Agora que o país todo está praticamente ardido é que se vai prevenir".

Estas críticas até podem parecer justas. Mas nós estamos cá para isso mesmo.. para ajudar a esclarecer. Como blog de serviço público que todos reconhecem vamos explicar esta medida visionária do governo.

Como já foi dito, esta campanha de prevenção de fogos vai decorrer de Agosto até Outubro. E quando é a grande época de fogos em Portugal? Nos meses de verão? Errado!!!!
Reparem bem.
Quando acaba a campanha? Outubro.
Que mês vem a seguir a Outubro? Novembro.
O que há em Novembro? O verão de São Martinho!!!!!!

Pois é meus incautos, o que se passa aqui é o lavrar do caminho, o preparar dos cestos, o calçar das chuteiras para essa semana fatal no que toca a fogos. Essa semana em que tudo arde.

Vejam bem a história..

Segundo a lenda - o são que ainda não era - São Martinho passeava-se pelos bosques a cavalo enquanto cantarolava uns hits do momento, p.e. os b'rfst, quando viu fumo ao longe. Como o Louça na altura ainda não fumava umas brocas, o fumo devia mesmo ser de um incêndio - era a época deles. Foi aí que viu um jovem a correr desvairado com as roupas a arder. Vinha do incêndio.. O que fez o Martinho? Salta do cavalo, tira-lhe as roupas, põe-se nu e como o rapaz já tinha passado da idade, entrega-lhe as suas vestes. Foi aí que , tal canader, qual homem sensível a ver o Titanic, começa a chover desvairadamente e apaga todos os fogos que queimavam todo o mundo. Martinho aproveitou e tomou um banho, mas este facto não está comprovado..

Por isso e agora que tudo está explicado, que a compreensão começa a assolar as vossas cabeças, vamos sim dar as honras a este governo.

Só para finalizar, agora que está perceptível a capacidade de antecipação do governo, apenas uma amostra da capacidade de sofrimento. O país está com temperaturas altíssimas. O que faz o nosso-vosso primeiro? Vai para o Quénia onde as temperaturas são ainda mais elevadas. Assim se sofre neste governo..

Momento interactivo nº 8:

Le mil e une porquois de fiquer morenos...

1- Ficar moreno é fixe; se os outros, como resultado das suas vacances, ficam tostados, porque não haveremos nós também de ficar?

2- Não há nada para fazer, nem com quem o fazer -> à tarde não dá nada de jeito na televisão, não apetece ler o Código Da Vinci ou a Nova Gente -> vou mas é pá varanda esturricar...

3- Somos, simplesmente, criaturas estúpidas, idiotas q.b. e, porque não, um bocadinho parvos. Quem não gosta de apanhar sol sem protecção e nas horas de maior calor? Deste modo, poderemos brincar com o nosso destino, confirmar se aquela cena do melanoma mata mesmo e, então, averiguarmos se será mesmo causado por excessiva exposição da nossa querida pele caucasiana aos Raios UV que, no dizer de alguns energúmenos, são cancerígenos. Pois a mim, ninguém me engana. Os dermatologistas e os oncologistas é que engendraram esta cabala do melanoma para extorquirem dinheiro ao Zé Povinho. Se os sinais que temos no corpo, não originassem uma coisa maligna, alguém os ia tirar ao médico? Pois eu não alimento mais pançudos...

4- Ultrapassando mesmo as expectativas mais imaginárias, conseguimos ser ainda mais estúpidos, através do uso de narcóticos / estupefacientes: ficamos morenos, deixamos crescer o bigode, apanhamos um voo da Ryan Air para Londres, confundem-nos com um monhé, fugimos da bófia e espetam-nos 5 tiros na tola...

5- Se ficarmos bem morenos (casi, casi africanos), quem sabe o nosso membro viril não chegará, em cms, à casa das 3 dezenas?

6- Se não chegar, pode ser que alguma moçoila assim o pense e queira experimentar fazer o amor com um pseudo-negrão...

7- Caso as moçoilas não forem na cantiga, ao ficarmos mais escuritos, pelo menos aumentam exponencialmente as probabilidades de sacarmos uma bela de uma mulata. E, meus amigos, quem não gosta de uma boa mulatinha?

quinta-feira, agosto 11, 2005

Ser alternativo

Alternativo. Mas afinal o que é isso hoje em dia?
É bom? Mau?

Em todo o lado se houve falar de alternativo. É a música alternativa, teatro alternativo, gente alternativa..

Há um culto que muita gente apregoa. Ser alternativo é uma coisa fixe. Ser alternativo é melhor que bom, é ser alternativo..

Eu uma vez fui a uma peça de teatro alternativa. E como fui lá eu parar? Uma amiga da minha namorada da altura, vivia com uma rapariga que por sua vez era lésbica e cuja companheira fazia parte dessa peça. Mas que raio de peça mais estranha.. aquilo não tinha diálogos, nem um monólogo que fosse.. era dança/bailado com uns grunhidos e muitas luzes. Quando a dita moçoila que lá participava, no fim da peça veio perguntar se tínhamos gostado e face à nossa cara de estranheza, lá disse: É teatro alternativo!!
O que fazemos nós por amor..

Mas na música é igual! O que é isso de música alternativa? Apenas o que não é popular? O que não é comercial? Se assim é como é que há gente que diz ouvir música alternativa? Qual o balizamento? Mozart não me parece comercial, mas não me quer parecer que se estejam a referir a isso..
Música alternativa deve ser aquela em que os "artistas" andam mascarados no palco.. Deve ser isso deve..

Com esta estória do alternativo cai-se no perigo, ou melhor, no ridículo de ouvirmos um gay dizer: Eu não sou hetero, sou alternativo. Aí o caro Cámuolas diria: "Não. És sensível/bicha".

Mas o que me levou a escrever isto, a gota de água, foi o cartaz do Bloco de Esquerda no Porto. Tem as seguintes palavras: "Energia Alternativa".
Eu aqui acho bem a utilização da palavra alternativa. Como ninguém sabe ao certo o que é ser alternativo, em que é que se enquadra e o que quererá dizer, bate certíssimo com a política do BE. Ninguém a conhece, ninguém sabe para o que serve, em que é que se enquadra nem o que eles querem. Ou melhor, isso sabem. O que eles querem é ser altenativos!!!!! Seja o que isso for..
E claro.. assim têm consigo todos os "homens" alternativos.

P.S. Aproveito para lamentar a entrada na blogosfera desse insano do ayatollah baloni. Agora vou ter que gastar mais 30 segundos sempre que der cá um salto.

quarta-feira, agosto 10, 2005

Quem não se ilude..

Li ontem no Jogo este título de uma parte da entrevista de Lisandro Lopez:

"Vim para o Porto com a ilusão de ganhar títulos"

Palavras para quê?

Pelo menos agora eles já não vêm enganados. Sabem que é apenas uma ilusão..

sexta-feira, agosto 05, 2005

Penso já ser TIME de nos pormos a pau...

Enfim, quem não tem orgulho em ser Português ao saber destas coisas?

Sensivelmente um ano após O Portugal ter feito capa da revista Time com esse belo tema - "When the meninas came to Town" - do mulherio solto e sempre aberto a novas ideias e afins de Bragança, estamos de volta no frontispício dessa magazine de referência.

Ora bem, a "nova boa nova" é que há perigo nas estradas de Portugal; os camones dizem também que somos o país europeu em que morre, em %, mais gente na estrada; esses energúmenos estrangeiros afirmam também que a seguir a uma estrada Boliviana, a IP5 é a a estrada mais letal em todo o mundo... Da-se! Somos os maiores! Ou quase...

Ele é Zézé my men Camarinha a atrair as bifas pó Algarve, ele é Roteiro Gay de Lisboa, ele é Feira Internacional de Sexo em Lisboa, ele é meninas / garotas em Bragança. Mais uma vez, somos os maiores!

Pois é, parece-me que anda tudo à volta do SEXO e que, as únicas notícias no estrangeiro sobre o nosso país, focam sempre assuntos de teor devasso e / ou obsceno. É que meus caros concidadãos, o problema dos acidentes em Portugal é uma contenda claramente genital. Um homem micro-peniano, prego a fundo (nem que seja num Fiat Uno), a abrir numa Estrada Nacional e a ultrapassar no contínuo, acredita piamente que as mulheres, ao contemplarem a sua condução agressiva e masculina, conjecturam que o condutor de tão potente viatura possuirá um membro de fazer inveja ao Sr. John Holmes ou mesmo Rocco Siegfried.

E assim vamos...